RITIDOPLASTIA OU LIFTING

Procedimento Cirúrgico

Informações gerais

Á medida que as pessoas envelhecem, os efeitos da gravidade, a exposição ao sol e o stress da rotina diária podem se refletir nos seus rostos. Sulcos profundos se formam entre o nariz e a boca, a linha da mandíbula perde a definição e sulcos e depósitos de gordura aparecem no pescoço.

A cirurgia de face (tecnicamente conhecida como ritidoplastia) não conseguem parar este processo. O que se pode fazer é "atrasar o relógio", melhorando os sinais mais visíveis do envelhecimento através da remoção do excesso de tecido gorduroso, reposicionamento e fixação dos músculos subjacentes assim como da pele da face e pescoço. A ritidoplastia pode ser feita isoladamente ou juntamente com outros procedimentos como cirurgia endoscópica da região frontal, cirurgia das pálpebras (blefaroplastia) e cirurgia do nariz (rinoplastia).

Indicações

O melhor candidato para ritidoplastia é uma pessoa cuja face e pescoço começaram a "ceder", mas com a pele com elasticidade preservada, e cuja estrutura óssea seja forte e bem definida. A maioria dos pacientes está em torno dos quarenta a sessenta anos, mas pode ser feito com sucesso em pessoas em torno dos setenta e oitenta anos, ou mesmo pacientes mais jovens. A ritidoplastia faz com que você pareça mais jovem e com ar renovado, podendo melhorar sua auto-confiança também.

A cirurgia

A ritidoplastia pode ser realizada em clínica especializada ou hospital. Normalmente é feita de forma ambulatorial, mas alguns cirurgiões preferem internar seus pacientes por um dia quando a anestesia é geral.
Algumas condições como diabetes ou pressão alta devem ser monitoradas após a cirurgia, o que exige curta internação.

Geralmente a ritidoplastia é feita sob anestesia local combinada com sedação A ritidoplastia normalmente leva 2 a 4 horas ou até mais, caso algum procedimento associado seja feito. Para procedimentos extensos, alguns cirurgiões preferem combinar duas sessões separadas.

Informações adicionais

Se desejar informações adicionais sobre esta cirurgia e outros aspectos relacionados entre no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www.cirurgiaplastica.org.br ).